segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cartas

                                                                                                                                                  

Tão querido e saudoso menino de Deus nessa minha Vida,

Uma leve agonia agora em não saber quando é seu amanhã escrito. E isso é também uma boa metáfora. Espero que amanhã seja amanhã e não hoje, porque agora já é meio dia; mas como faz seis horas que você me escreveu, e então aí eram cinco da manhã, o amanhã tem que ser amanhã, mesmo, não?

Estou feliz com o sabor dessa vida, apaixonada
sinto o coração cheio e leve, com muito espaço

Que alegria poder falar com você amanhã!

Que o seu corpo receba o prazer, seu peito muito espaço e amor, sua mente fique livre para a inspiração mais verdadeira; como num abraço sincero, bem forte, 
como em uma fusão.

Nenhum comentário: