segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cartas

                                                                                                                                          mais um pouquinho

A despedida sempre deixa uma fenda, de últimas palavras, revisões, mais um pouquinho
de silêncio...

Dessa vez fui sentindo, assim, andando pela rua, saudade, saudade,
e gratidão.
Pela gratidão eu queria falar obrigada.
Pela saudade, escrever saudade.
Tudo pelo amor, a paciência, os cuidados, a graça, a casa, e você, você, o amor e você,
que combinam tanto na sua imagem.
Tudo que há de você em mim é bom. É completo.
Isso é cultivo seu, só por ser, veja só.

Então é isso.

Nenhum comentário: