segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cartas

                                                                                                                                   o melhor dos céus

mais um dia o céu me conta milagre
aqui tenho sentido o mistério se aproximar da claridade
pelo aspecto do céu, a estética toda, com as nuvens
estático, tão vivamente surreal
até que o sol se despede e poe fogo em tudo

hoje um tucano voou na minha frente, entrou na árvore
aprendi um tanto de tanto
só,

eu pinto

danço

canto alto

como

corro

pedalo

consumo

e a euforia continua

sinto que atravessa-lo me unifica no que estou vivendo
entre uma cidade e outra
um grande ciclo e outro
os pacotes de palavras que ninguém entende

antifilosóficos tão poucopoéticos desatentoinexperientes
os amo como a tudo - porque são

mas ainda os amo com pouca paciência

Nenhum comentário: